Sexo, Amor & Crônicas

VERÃO

verao

Verão é a estação da paixão. Calor do corpo e da alma. Os olhares ficam aguçados, o bronzeado excita, o suor lubrifica o tesão. No verão, biquíni e sunga paqueram. O sol aquece a vontade, enquanto a bebida gelada refresca a boca e libera sorrisos. Verão deixa o clima mais quente.

Namorar no verão é navegar num mar de sensações, viajar pelos destinos do corpo, mergulhar na intimidade alheia para respirar o frescor do sentimento. Parceria reafirmada na ebulição do asfalto ou no conforto do edredom, sob efeito do ar condicionado. Com o verão, a piscina seduz, o quarto abriga e a relação esquenta.

Ser solteiro no verão é a antítese da solidão. Corpos à mostra, em busca de uma efêmera companhia. O dia se torna mais longo para o deleite da pele em brasa. A noite exibe o desejo, materializado na sedução da entrega. Solteirice no verão é paraíso juvenil, procura pelo errado, tropeço proposital da própria volúpia. Ser solteiro no verão é se apaixonar diariamente.

Descobertas, línguas, aventuras, cerveja, suor, água, viagens, sexo, paixão, sexo, sol, sexo, areia, sexo. Verão traz consigo a energia do fogo, a pressa por ser feliz, a beleza do oceano como paisagem. O verão é tempo de alegria, de celebrar a natureza, brindar à felicidade. Verão é o pleonasmo da vida, hipérbole do sentimento, atração máxima dos corpos.

Amar é bom em qualquer estação, mas no verão, tem sempre um tempero a mais: um gosto de liberdade.

Um comentário no “VERÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *