Sexo, Amor & Crônicas

TPM

tpm
Não encosta em mim. Ai que raiva! Não tô irritada, JÁ FALEI QUE NÃO TÔ IRRITADA!!! Você que não me entende. Aliás, você nem gosta de mim. Prefere esse video-game, o computador ou esse celular. Ui, que ódio desse telefone. Qual é a periguete que tá falando contigo aí no facebook? Tá, deixa assim, nem me responde, vou lá lavar a louça, já que ninguém faz nada nessa casa.
 
DROGAAA!!! Preciso fazer minhas unhas, tô me sentindo tão “blé”, horrorosa. Não aguento mais esse cabelo. AMOOOOR, eu não tenho roupa. (abre o roupeiro lotado). Sério, olha só, eu precisava de uma calça clara e uma blusa, assim mais casual. Só tenho roupa pra trabalhar, aí quando tu quer me levar pra sair eu sempre tô feia. Odeio a minha vida!!!
 
Saco mesmo, nem um sapato que preste eu tenho. Ai, amor, quantidade não é qualidade, nem vem. LARGA ESSE CELULAAAAAR!!!! Ei, benhê, que tal se a gente saísse pra jantar e depois pegasse um cineminha, hein?! Tu sabe que eu te amo, meu amorzão.
 
Tô com fome, muito fome, mas daquele xis com muita maionese, vamos? Nossa, comi demais. Tô gorda! TÔ GORDAAAA!!! Por que você me fez comer aquele XIS???? Você vai me deixar! Tenho certeza, vai se dar conta que eu sou gorda demais pra você. Tá decidido! Amanhã eu como só alface. PRECISO DE UM DOCEEEEE!!!!!
 
Para com isso, não tô chorando. É que eu ando sensível. SEI LÁ POR QUÊÊÊÊÊ!!!! PARA DE ME FAZER PERGUNTA IDIOTA. (Choro). A gente podia ir almoçar com a mamãe, né?! (sorrindo). Lógico, você nunca quer ir, mas eu tenho que aguentar a tua família todo domingo. Sério, não fala comigo. Me ama? Isso, me dá carinho. Tu nunca me dá carinho. 
 
NÃÃÃÃÃOOO, EU NÃO TÔ DE TEEEPEEEEEEMEEEEEE!!!

 

Conviver com uma mulher nesse estado de ebulição é quase uma arte. Não existe outra palavra, senão paciência. Não há fórmula. Ela pode te amar e te odiar no mesmo minuto. Te desejar e te xingar, praticamente ao mesmo tempo. Precisa de colo, mas ao mesmo tempo, precisa externar sua raiva do mundo, dela mesma. Expulsar aqueles hormônios alterados e desabafar com qualquer ser vivo que esteja próximo dela. 

Não tente contrariar, discutir ou argumentar. Você nunca vai entendê-la. Apenas aceite que ela é diferente de você. E boa sorte!

6 comentários no “TPM

  1. Não acho que TODO MUNDO tenha escrito, porque foi a primeira vez que eu lí sobre esse ângulo. Não é muito normal um HOMEM saber como é a realidade feminina.
    Chico, como sempre você me descreveu! Até pedi para o maridão ler! heheh
    Beijos

  2. Ai, Chico… Que texto mais chavão! Sem ofensas, tá, mas TODO MUNDO já escreveu sobre isso, ah sei lá, podia pelo menos fazer isso de um jeito diferente, com um outro ângulo. Dessa vez acho que tu não se saiu bem, tá bem fraquinho esse. Os outros tavam melhores.
    Beijinho!
    Lica

Deixe uma resposta