Sexo, Amor & Crônicas

SINCERIDADE

Quando começamos uma relação sempre existe aquele temor: “Ela vai gostar de mim do jeito que eu sou?”

Logicamente ninguém deve criar um personagem para conquistar alguém, mas inevitavelmente nos esforçamos um pouco mais no auge da sedução. Nada de errado, o problema está em desvirtuar por completo nossa essência, fingir gostar de coisas que não gostamos, tomar atitudes opostas com aquilo que acreditamos.

A falta de sinceridade é efêmera como qualquer mentira. Se esvai pelo ralo após alguns banhos a dois. Derrete como sorvete depois de alguns encontros. Com exceção de uma psicopatia patológica, não há como sustentar uma falsa verdade. As mentiras sinceras que interessam ao Cazuza são aquelas permitidas no lúdico da paixão. Rasas para agradar o outro. Na profundidade só existe lugar para a autenticidade.

Dividir segredos é sempre o caminho mais correto quando surge o envolvimento. Aquela amiga já foi ex, aquele ex ainda é amigo. A ignorância só é uma benção quando o oculto não é revelado. Em reuniões de amigos do passado, as histórias surgem à tona com alguns goles a mais. E assim como o álcool, o desconforto pode subir à cabeça.

Existe um limite que cada um sabe se cruza ou não. Dependendo da personalidade, o filtro é menor e a preferência é por abrir todas as páginas do livro com o título “minha vida pregressa”. Mas o ideal é um equilíbrio entre peripécias que não precisam se mencionadas ou detalhes que devem ser expostos.

A sinceridade, com respeito e destreza na hora de falar, é sempre a melhor opção. A verdade diminui o risco do improvável, evita discussões posteriores e desvenda um pouco mais um do outro. A transparência abre corpos e mentes, clareia as ideias e limpa qualquer desconfiança.

A sinceridade é o fio condutor de uma relação, a garantia de uma estável união. Vestimenta da confiança, esteio do lar, necessidade para a tranquilidade no olhar, para a o sossego da alma. Ao ser sincero, duas coisas estão confirmadas: consciência limpa e paz no coração.

O amor verdadeiro é sincero demais para mentir.

3 comentários no “SINCERIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *