Sexo, Amor & Crônicas

RUIVAS

ruivas

Ruivas formam a indiscrição da beleza, raro brilho para seduzir, tonalidade perfeita para apaixonar. São tão fortes quanto a sua personalidade. Jamais discuta com uma Ruiva, você sairá perdendo. Leoas na cama, guerreiras medievais no trabalho, verdadeiras fortalezas nos caminhos da vida.


Imparidade na essência, Ruivas simbolizam o pecado no cabelo escarlate. O fogo de uma Ruiva extrapola os limites do corpo e emana pela cabeça, em forma de pelos. Cabelos rubros contrastando com a claridade da tez. Combinação mortal para seduzir qualquer homem.


Rutilismo não é defeito, é troféu. Raridade genética que desafia, provoca e transforma qualquer Ruiva em um objeto de desejo masculino. Cuidado, porém. Ruivas exalam sexo no olhar, mas imploram carinhos pelos poros da pele alva. Nunca julgue uma Ruiva apenas pelos cabelos. Ruivas são complexas e precisam de atenção. E jamais ignore as sardas, elas demonstram o grau de irritação de uma Ruiva.


Sexo com Ruivas é um convite à descoberta da fêmea. Ao lado de uma Ruiva, não existe o óbvio, apenas o deleite das curvas, com o calor da cama em brasa. Não por acaso, Eva seduziu Adão com seus cabelos cor de fogo. Namorar o pecado de uma Ruiva é como estar com uma espécie diferenciada da mulher. Um aprimoramento da natureza, uma fruta adocicada, acima do proibido.


Ruivas intrigam, atraem e embriagam. Ruivas tem a sensualidade no sobrenome, a marca registrada da conquista. Ruivas, geralmente são tímidas, afinal não é qualquer um que merece a sua liberdade corporal. Estar com uma Ruiva é sonho carnal, ilusão passional, ápice do destino de um homem.

Simplesmente porque, muito mais do que uma mulher, ela é uma verdadeira e genuína Ruiva.

4 comentários no “RUIVAS

Deixe uma resposta