Amor

MULHER SORRISO

Quando penso nela, começo a sorrir. Ela brilha. Irradia a minha vida. Ilumina qualquer caminho por onde passa e me desmonta quando sorri. Mas adoro mesmo é quando ela solta aquela risada alta, colocando a mão na boca de vergonha. Riso que lacrimeja. Contraste entre lágrimas e lábios. Ela me faz gargalhar em pensamento pelo simples fato de estar com ela.

Doce, porém firme. Sabe quando endurecer, pisar com firmeza no alto do seu salto. Seu passo é decidido em busca de colo. Tem convicção na sua insegurança e sabe que posso curá-la de todo o mal com meu peito. Ela enfrenta o mundo por nós, mas precisa de mim ao lado dela. E sabe que minha força está em protegê-la.

Quente e suave, seus defeitos me completam. Adoro aquela covinha e aquele lábio torcido quando fica com ciúmes. No segundo seguinte vem aquele sorriso pra provar que não há ser na face da Terra que me desvie o olhar. É uma hipnose consentida, um transe indelével e irrefutável. Me perco e me encontro na tua alegria, no teu jeito de sorrir com os olhos, com a alma. No teu jeito de ser, simplesmente existir bela. Viver linda. Linda de viver.

Não tem um só dia em toda a minha existência que eu não tenha buscado esse sorriso. Me perdi em bocas alheias algumas alegres, outras nem tanto, mas nunca havia encontrado a felicidade descoberta na boca muda, no olhar que ri, na frase dita pelos lábios abertos e o coração entregue.

A mulher sorriso é a tradução da felicidade.