Encontro das Sextas, Sexo, Amor & Crônicas

COVARDIA

 

Não adianta, homem não sabe terminar uma relação. Simplesmente porque não consegue. Porque é fraco. FRACO! A única coisa que consegue ser nessa hora é algo que ele sabe bem fazer: ser idiota.
 
Homens e mulheres agem de formas muito diferentes quando o assunto é terminar uma relação. Mulheres são práticas, homens são nervosos. Mulheres definem, homens ficam pensando no momento mais adequado. Mulheres são corretas, homens filhos da puta. Resumindo, somos covardes.
 
Quando o homem não tem mais interesse de ficar com uma mulher, a primeira atitude a se tomar deveria ser comunica-la, ou conversar para tentar resolver o problema. Mas a maioria opta por permanecer na zona de conforto da sala de estar decorada em conjunto. Prefere pensar no carnê da viagem que ainda está sendo pago, nas jantas de casais que serão desfeitas e até no desgaste de ter que alterar o relacionamento no facebook. Muito estresse. Então, a escolha mais simples é adotada: pegar outras mulheres até ver o que acontece.
 
O cara até toca no assunto, diz que a relação não está boa, mas dificilmente um homem vai bradar com todas as letras: “não quero mais”. A menos que tenha sido traído ou que ela tenha estourado todo o seu limite do cartão de crédito sem consulta prévia e, ainda assim, é passível de perdão para esse homem fraco.
 
A estratégia do covarde é provocar o término. Fazer com que a mulher perceba que a relação não está boa PRA ELA, porque aí a decisão será tomada e teremos a vilã da história. Tadinho dele, abandonado por aquela víbora.
 
Nesse meio tempo o cara trai, mente, não está feliz, mas não consegue terminar. Quando chegam à conclusão juntos, ele entende que se livrou das amarras e poderá dividir a culpa. Porém, basta uma mensagem dela querendo voltar e ele não consegue resistir, não suporta a ideia de finalizar o relacionamento, de assumir a sua responsabilidade por não querer mais. Ele insiste para não desistir de si, para tentar limpar a sua consciência turva. Em vão, pois bebe na fonte da traição e não percebe que está mentindo para si mesmo para enganar quem lhe ama.
 
A mulher pode ser considerada cruel nesse aspecto. Ela não mede esforços para alcançar o seu objetivo, não importa quem vai machucar. Ela quer ser feliz e sabe que para isso precisa se libertar, precisa terminar mesmo que se arrependa. Ela faz isso com frieza e determinação, porém não sem dor. A certeza de uma mulher insatisfeita consegue ser maior do que o seu amor por alguém.
 
Enquanto isso o homem ficará preso na própria prisão de não conseguir ser verdadeiro consigo e com seus sentimentos. Preso na própria fraqueza, refém da covardia de não conseguir começar um fim. Vive nas reticências esperando por um ponto final de outra autoria. Um escritor da vida escravo da sua fraqueza. Fraco! Simplesmente covarde. FRACO!!!!

Vídeo:

4 comentários no “COVARDIA

  1. Bem isso! Posso dizer que você entende de alma feminina.
    Meu relacionamento estava em uma frieza total,ele indiferente,frio,na dele,eu não conseguia me aproximar,eu queria me aproximar para o sentimento não acabar, porém sem sucesso. Na verdade acho que ele tinha essa tal covardia, povocou a minha decisão de ir ser feliz, pois vivíamos de aparência, decidi e tive uma conversa franca,falei que pra mim não daria mais,estou cansada, exausta de viver um relacionamento sozinha,sem ninguém pra estar nos momentos importantes pra mim. Enfim tive coragem, não precisei trair só ter a coragem de ser franca e levar a culpa,por não querer mais.E,na verdade, essa culpa fica comigo,me sinto a pior pessoa do mundo por essa decisão pois temos dois filhos,e a Mulher sempre é a errada dá história.
    Obrigado pelo texto,amei,me identifico.

  2. Falou o que faltava a Gisely Borges, enquanto isso o tempo passa e a felicidade demora mais a chegar.
    Mas acho que falta mais maturidade de nossa parte, todos nós sabemos que o tempo cura tudo, que logo encontramos outra pessoa que nos complete como nunca, mas, qual a dificuldade em abrir os olhos, parar de ser covarde e encarar os fatos?
    Acho que esse é um defeito de fabricação do ser humano.
    Pena.

  3. Belo texto, me fez lembrar uma pessoa…
    Fiquei com um cara por quase 2 meses mais ja estávamos nos conhecendo a mais de 1 ano, mesmo nao tendo nada sério comogo me tratava como a mulher dele, até planos fez (ele foi o único no qual eu realmente quis realizar todos) e do nada, ele disse que não queria mais, assim, sem mais nem menos, me deixou sem explicação, sem um motivo
    .. Eu ainda gosto dele, e a cada dia mais, porém, queria saber o motivo de não querer e hoje nem nos falamos mais.

Deixe uma resposta