Amor

Carta pro EX

Olá, sei que não agi legal com você em alguns momentos, afinal todos nós temos defeitos e minha implicância com a sua mãe era exagerada muitas vezes. Sei que a minha carência te incomodava, mas eu preciso de colo, fazer o quê?! Sou romântica demais, acordo cantando, faço mal a baliza e odeio a Anitta. Desculpa mesmo, vou tentar ser uma pessoa melhor, fazer reiki e tal, mas eu não vim aqui pra falar de mim.

Não é legal quando você fala durante o filme. Só é pior quando dorme. E RONCA. Sério, a vontade que eu tinha era te dar uma BIFA no meio da cara ou pegar um balde de água gelada pra jogar em cima daquela boca aberta de palerma. QUE RAIVA!

Migo, deixa eu te contar: calça de couro não é legal e não se usa desde 1984. Aquele suéter de bolinha te deixa barrigudo e meia branca com sapato preto NUNCA. A menos que você vá pra balada como cover do Michael Jackson.

Com as próximas namoradas, evite sexo oral com a barba por fazer. Machuca, sabia? Ou raspa ou deixa maior. Falando em pelos, uma limpeza na área é sempre recomendável pra gente brincar também, ok?

Amigão, miojo não é comida e selinho não é beijo. Procure beijar não só quando quiser sexo. Se você não consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo, não tente. Quantas vezes a idiota aqui teve que repetir frases inteiras porque você não tava prestando atenção. FOCO!

O seu carro não é limpo, sua irmã é chata demais e usar todo meu shampoo não é bacana. Ah, enxaguante bucal não é refrigerante.

Espero que você aprenda a conviver em harmonia numa próxima relação a dois ou então que SE FERRE pro resto da vida.

Seja feliz! (Ou não)

Ass: sua EX. (Ainda bem)

Tchau! (Ufa)

P.S. Se quiser voltar, a gente reaprende juntos. Beijos, mozão!

Um comentário no “Carta pro EX

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *