Sexo, Amor & Crônicas

AMANHECEU

Amanheceu e eu não consegui dormir. O brilho do sol invadindo a minha varanda contrasta com meu coração sombrio. Raiou o dia e anoiteceu no meu peito. É mais um ciclo que começa, mais uma despedida que vai além das estrelas sumindo no horizonte. Era impossível cerrar os olhos, embora eu estivesse cego de amor há algum tempo. Até quando você vai me deixar antes do café ficar pronto? Antes da gente tomar consciência de que a semana recomeçou? Como um movimento de rotação que faz a Terra girar, nosso encontro interplanetário não dura mais do que 24 horas. É cósmico, magnético e intenso, como todo choque entre dois mundos.

Eu tento entender, conheci você desse jeito, invadi sua zona de conforto e baguncei tudo. Seu cabelo todo arrumadinho, seus horários, sua vontade e sua sala de estar. Não pense que você não atrapalhou minha consciência, minhas vãs tentativas de tentar controlar tudo, até as coisas que não quero, especialmente tudo aquilo que eu não posso.

Sinto na boca o doce do morango com chocolate da noite anterior misturado com um amargo da despedida. Os lábios queimados pelos beijos quentes e os olhos incrédulos mirando a cama vazia. No espelho a decepção do reflexo avulso, no vitral acima da janela a cruel certeza de que o dia está apenas começando.

Preferi criar uma ilusão do que viver uma história. Caí no conto de fadas que eu mesma escrevi. E sem final feliz. Eu deveria ter imaginado, tuas frases mal feitas, teus olhares impuros, teu desdém com meu sorriso. Letras de uma canção sem melodia, de um céu sem lua. E nessa viagem adolescente, minha praia ficou sem mar e eu tive de regressar para dentro de mim.

Ainda estou aqui esperando o calor da manhã aquecer minha alma, absorver minha frustração de não ter compreendido tua presença inconstante. Sempre tive você pela metade e achei que poderia me contentar com isso. Logo eu, que sempre fui tão completa.

Depois de perceber que o crepúsculo do nosso amor se deu muito mais pela sua fraqueza do que pela minha vontade, entendi o sinal da aurora me chamando. Amanheceu na minha vida, é tempo de recomeçar.

No horizonte, a alvorada de um novo ciclo e o meu destino brilhando. Bom dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *